Comparação do Cpk/Ppk para Melhoria Contínua e Conformidade PPAP

Palavras Chave: PPAP, comparação, melhoria contínua, seis sigma, Cpk mínimo, Ppk, ISO-9000, QS-9000.

Sumário

A melhoria contínua é um ponto focal de muitos padrões de qualidade incluindo ISO-9000 e QS-9000. As características descritas aqui podem também servir para focar os ganhos de qualidade realizados por projetos de Seis Sigma. Estabelecer os padrões de comparação estatística pode quantificar ganhos de qualidade e ajudar a mantê-los e melhorá-los com o tempo, cumprindo desse modo as exigências contínuas de melhoria encontradas na maioria dos padrões de qualidade. Uma observação importante, os padrões de comparação estatísticas podem ser usados como a base para impedir regressão abaixo dos níveis críticos requeridos e agir como os NQAs (níveis da qualidade aceitáveis) do passado.

Exemplo de Aplicação

Como um exemplo de exigência legal para comparações estatísticas, o ciclo dos fornecedores de vendas automotivas requer que o fornecedor inicialmente submeta a documentação de conformidade ao Processo de Aprovação de Produção da Peça (PPAP - Veja a edição do Manual da AIAG PPAP 3rd Edição, item I.1.2.2.9.1- I.2.2.9.4). Geralmente, este processo requer que as peças de amostragem da produção sejam utilizadas pelo fornecedor através de seu processo de produção (equivalente a 1-8 horas de processo, no mínimo 300 peças), então um subconjunto das amostras é medido e analisado (100+ peças consecutivas e poderiam ser mais dependendo do tamanho de amostra do subgrupo requerido pelo plano de controle dos fornecedores). Se os valores de Cpk ou de Ppk forem altos o suficiente (1,67+), os produtos dos fornecedores podem ser considerados para a compra no futuro. Como uma condição de compra, entretanto, o fornecedor deve garantir que o Cpk ou valores de Ppk de todas as futuras peças da produção que serão fornecidas serão iguais ou excederão os valores de Cpk ou de Ppk certificados no PPAP original. O cliente dita tipicamente se Cpk ou Ppk serão usados. Nós não recomendamos usar ambas as estatísticas para a validação do PPAP. (Cpk deve somente ser considerado se a estabilidade do processo puder ser demonstrada).

Procedimento

Os ajustes de comparação do Cpk e do Ppk estão disponíveis nas plataformas do programa registradas com o B5 no código de registro. Para ajustar valores globais de comparação de Cpk/Ppk, selecione Configurações/Preferências/Preferências Estatísticas no menu principal do DataLyzer® Spectrum. Para ajustar as comparações de Cpk/Ppk por característica, abra a característica desejada, e selecione Preferências/Configurar Preferências.

  • Para configurar o valor de comparação de Cpk, selecione a aba "Cálculos da Carta de Controle". Na área "Índice de Capabilidade", verifique a caixa nomeada "Cpk < Comparação Cpk =". Na caixa ao lado desta, insira o mínimo ou o valor de comparação de Cpk.
  • Para ajustar o valor de comparação de Ppk, selecione a aba "Cálculos de Capabilidade". Na área do "Índice de Capabilidade", verifica a caixa etiquetada "Ppk < Comparação Ppk =". Na caixa ao lado desta, insira o mínimo ou o valor de comparação de Ppk.
  • Se nenhum valor numérico for inserido na área de comparação para os cálculos de Ppk ou de Cpk, o valor padrão inserido é 1,0.

O Cpk e o Ppk podem ser selecionados para aparecer tanto na tela como em relatórios impressos da carta de controle e no Histograma de Capabilidade, mas isso quando são úteis, eles não são necessários para a análise. Para fazer este ajuste na carta do controle, abra a janela de configuração outra vez e selecione a aba de Apresentação da Carta de Controle. Nas opções de impressão, selecione os índices de capabilidade que você deseja indicar. Para o histograma, selecione a aba da Apresentação da Capabilidade. Selecione os índices desejados da área de opções de impressão. O cálculo do Cpk não está disponível para características do tipo inspeção.

As cartas do controle do DataLyzer® usam por padrão os últimos 25 subgrupos para a análise estatística (incluindo Cpk e Ppk).

O número dos subgrupos a ser estatisticamente analisados pode ser mudado para histogramas. Na janela de configurações, selecione a aba "Cálculos de Capabilidade". Na área "Números de Subgrupos para Analisar", selecione o número de subgrupos em que os cálculos devem ser baseados. A fim de cumprir as exigências, este valor deve ser ajustado igual ou exceder o número de subgrupos a ser coletados para o PPAP, Ppk ou Cpk. Se nenhuma mudança for feita, o DataLyzer® optará por calcular baseado nos últimos 25 subgrupos como na carta do controle, o que pode não ser suficiente para analisar todos os dados requeridos para tamanhos menores de subgrupo.

Os valores declarados de Cpk ou de Ppk são usados como a referência em diversas áreas:

  1. Durante a introdução de dados no HUB ou no Satélite, todas as características com valores de comparação de Cpk/Ppk são monitorados. Se os últimos 25 pontos (ou o número que combina com seus ajustes pessoais) da carta controle do produto produz um Cpk/Ppk mais baixo do que a configuração de comparação, uma bandeira vermelha escura será produzida na área de condição, e os usuários poderão incorporar uma nota.
  2. No relatório de desempenho, todos os valores atuais das características Cpk/Ppk abaixo do valor de comparação podem ser relatados.
  3. No relatório de histórico de capabilidade, uma linha que representa a comparação de Cpk/Ppk aparece no relatório para fazer referência aos valores atuais e históricos. O relatório de histórico de capabilidade pode indicar capabilidades em uma carta de barra, carta do bastão, ou na carta de ponto.
  4. Os relatórios definidos pelo usuário estão disponíveis para configuração de um relatório conforme as suas necessidades.
  5. Nas notas do sistema, uma nota de advertência interna é conservada cada vez que o Cpk/Ppk vai abaixo do valor de comparação. Ao ver o relatório de notas, é possível vê-la para ver cada vez que uma característica caiu abaixo do valor de comparação.
  6. Cartas de Controle e os Histogramas podem indicar os valores atuais de Cpk e de Ppk, como explicado acima.

O seguinte gráfico é um exemplo de um gráfico de barra diário de marca de referência de Ppk. A linha vermelha representa o valor de Ppk da marca de referência. A primeira barra no gráfico (nomeada "Todos") representa a capabilidade do processo inteiro.

O seguinte gráfico é um exemplo de um gráfico semanal de ponto de comparação de Cpk. A linha vermelha representa o valor de Cpk. A primeira barra no gráfico (denominada "Todas") representa a capabilidade do processo inteiro.

Nota: Vale a pena considerar a criação de grupos de dados de "PPAP" ou "Comparação" e criar as partes para serem comparadas com o valor de comparação e testadas através do PPAP aplicado nelas. Desta maneira, a análise inicial pode ser feita e mantida válida e "ativa" por quanto tempo você desejar. Pode facilmente ser extraído do procedimento de arquivar dados do CEP por data, que seria feito geralmente na parada de entrada de dados do processo.

Notas de Aplicação do DataLyzer® Spectrum
Cumprimentos da Stephen Computer Services, Inc.

Número de controle: 186

http://www.datalyzer.com.br