CEP - Controle Estatístico de Processo
Setembro/2010
Sistema da Qualidade = oportunidade real de crescimento

É comum perguntarmos se valeu a pena todo o esforço, tempo e recursos utilizados na implantação e certificação do sistema da qualidade (SQ).

O que se ganha depois de tanto investimento? Na verdade, ganha-se oportunidade real de crescimento. Afinal, o conceito base do sistema de qualidade é "fazer uma única vez, e fazer correto, ouvindo o cliente".

Esse conceito está edificado sobre quatro princípios chaves:

  1. maximizar a escala produtiva por meio de processos que padronizem os produtos e serviços;
  2. eliminar desperdícios por meio de controles que permitam mapear e rastrear rapidamente todo o processo;
  3. buscar a garantia da qualidade final dos produtos e serviços utilizando verificações em todos os controles adotados no processo;
  4. derrubar toda e qualquer barreira que dificulte o acesso do cliente para expor seus comentários, sugestões e críticas.

Se a prática desses princípios for efetivada na vida da empresa, o SQ já terá sido um ótimo investimento contra a crise de mercado, tornando-se um grande apoio ao plano estratégico quanto à otimização de escala, controle eficaz de custos, garantia da qualidade e relacionamento com os clientes. Com isso, não há dúvida que vale a pena investir no SQ. Vamos lá ?


doutorcep@datalyzer.com.br
Limites de Controle

Os limites de controle de um processo são balizadores que informam se o mesmo está sob controle estatístico ou não. Eles são escolhidos de forma que, se o processo está sob controle estatístico, quase todos os pontos coletados terão seus valores entre o limite de controle superior (LCS) e o limite de controle inferior (LCI). Enquanto os pontos apresentarem esse comportamento, o processo será considerado sob controle, dispensando qualquer ação corretiva. Se os pontos começarem a sair fora desses limites, será uma evidência de que o processo está saindo de controle, sendo necessário um estudo das causas dessa variação e, provavelmente, ações corretivas terão de ser tomadas.

Para k subgrupos, primeiro calculamos a amplitude média e,

em seguida, a média do processo

Os limites de controle são calculados para mostrar a extensão na qual as médias e amplitudes dos subgrupos iriam variar se apenas causas comuns de variação estivessem atuando. Eles são baseados no tamanho da amostra do subgrupo e na quantidade da variabilidade dentro dos subgrupos refletidos nas amplitudes. Assim, vamos calcular os limites superior e inferior, para as amplitudes e as médias.

Esses cálculos usam fatores que dependem do tamanho do subgrupo da amostra. Os valores são tabelados e podem ser encontrados em várias publicações da área.

No Datalyzer, os cálculos dos limites de controle são automáticos. Isso significa mais tempo pra você focar na análise do processo.

http://www.datalyzer.com.br