CEP - Controle Estatístico de Processo
Abril/2010
Qualidade, não quantidade, da gestão

Nesse século XXI, os líderes das empresas têm uma nova combinação de três ingredientes que são: paixão, populismo e responsabilidade disciplinada. Essas qualidades na gestão tornaram-se relevantes, embora empresas/companhias e líderes sejam diferentes em suas histórias e personalidade.

O objetivo não é aumentar o destaque nas técnicas adicionais de gestão, estabelecer departamentos de nível um pouco mais alto no organograma da empresa, ao contrário, o objetivo mesmo é criar oportunidades constantes para manter a liderança competitiva. A meta definitiva é integrar as capacidades da empresa facilitando assim a eficácia da liderança frente aos clientes e ao mercado de trabalho.

Para que se atinja os resultados e metas desejados, a qualidade da liderança e a paixão, o populismo e a responsabilidade disciplinada da gestão são fundamentais.

A liderança apaixonada reconhece as mudanças e melhorias do desempenho empresarial somente quando o comportamento de gerentes e funcionários também sofrem mudanças quanto aos clientes, mercados e lucratividade. Esses líderes apaixonados compreendem que a cultura e a informação para melhoria da organização é o resultado coletivo das suas ações. Eles não atrasam quando devem tomar atitude de ação e não perdem tempo fazendo apenas discursos para melhorias no processo. Um líder fraco é alguém de quem os funcionários fogem, um líder forte é alguém para quem os funcionários se voltam e um grande líder é alguém que faz os funcionários dizerem: " Não fizemos isto sozinhos".

O aspecto populista enfatiza em todos os locais de trabalho da empresa o que as práticas falhas de gestão antigas negligenciaram. Essa liderança populista é demostrada pela confiança na capacidade das pessoas a fim de trazer à realidade as melhorias. Essa seria a chave para atitude do gestor para que forneça a base do lucro empresarial. Qualquer tipo de melhoria cria uma diferença competitiva no que diz respeito a liderança.

Quanto ao último aspecto, responsabilidade disciplinada, ela ocorre quando os gerentes reconhecem que nenhuma melhoria pode ser realizada sem que se despreenda uma atenção na criação, medição, manutenção e estruturação sistemática do foco de uma empresa. A responsabilidade disciplinada enfatiza o desenvolvimento da totalidade dos recursos da empresa, apoiada pela atitude do gestor.

Em conjunto os três ingredientes criam uma dimensão de liderança fundamental em qualquer sistema empresarial para que haja entendimento, para que se construa estratégias e planejamentos e para que se atinja metas.


doutorcep@datalyzer.com.br
Histograma

Um histograma consiste num conjunto de retângulos que tem:

a) As bases sobre um eixo horizontal (eixo X), com centro no ponto médio e as larguras iguais às amplitudes dos intervalos das classes;

b) As áreas proporcionais às freqüências das classes.

Se todos os intervalos tiverem a mesma amplitude, as alturas dos retângulos serão proporcionais às freqüências das classes e, então, costuma-se tomar as alturas numericamente iguais a essas freqüências. Se os intervalos de classe não tiverem a mesma amplitude, essas alturas devem ser ajustadas.

Se ligarmos os pontos médios dos intervalos de classe, no topo dos retângulos que os representam, obtemos uma figura chamada polígono de freqüência. Costuma-se ligar suas extremidades ao eixo X, de forma a que a área sob ele seja a mesma que a soma das áreas dos retângulos do histograma.

Há vários tipos de curvas de frequência:

  1. Simétricas ou em forma de sino. Caracterizam-se pelo fato das observações eqüidistantes do ponto central máximo terem a mesma freqüência. Um exemplo importante é a curva normal.

  2. Moderadamente assimétricas ou desviadas. A cauda da curva de um lado da ordenada máxima é mais longa que do outro. Se o ramo mais alongado fica à direita, a curva é dita desviada para a direita, ou de assimetria positiva, enquanto que, se ocorre o inverso, diz-se que a curva é desviada para a esquerda ou de assimetria negativa.

  3. Na curva em forma de J, ou em J invertido, o ponto de ordenada máxima ocorre em uma das extremidades.

  4. Uma curva de freqüência em forma de U tem ordenadas máxima em ambas as extremidades.

  5. Uma curva de freqüência bimodal tem dois máximos.

  6. Uma curva de freqüência multimodal tem mais de dois máximos.

Formas de Distribuição de Frequências

Até o próximo mês!!!

http://www.datalyzer.com.br